Share

    Glossário

     

    |   A   |   B   |   C   |   D   |   E   |   F   |   G   |   H   |   I   |   J   |   L   |   M   |   N   |   O   |   P   |   Q   |   R   |   S   |   T   |   U   |   V   |   X   |   Z   |

    ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

     

    Ramo de seguro
    Classificação legal dos seguros, de acordo com a natureza dos mesmos. Por exemplo, ramo Vida e ramos Não Vida (ramo doença, ramo incêndio e elementos da natureza, ramo responsabilidade civil geral etc.)

     

    Reclamação
    Pedido de indemnização, apresentado amigavelmente ou por via judiciária, por um terceiro lesado ou pelos seus titulares de direito, à empresa de seguros que cobre o responsável pelo dano.

     

    Redução
    Direito previsto em algumas modalidades de seguro de vida / operações de capitalização e que corresponde a uma diminuição de garantias e / ou capitais garantidos, por iniciativa do tomador de seguro / subscritor ou do segurador, mantendo-se o contrato em vigor.

     

    Regra proporcional
    Regra do contrato de seguro que se aplica em caso de subseguro, ou seja, quando um bem é segurado por um valor inferior ao seu valor real. Segundo a regra proporcional, o segurador só paga os prejuízos proporcionais à relação entre o valor segurado e o valor comercial do bem, na data do sinistro.

     

    Regulação e supervisão de conduta de mercado
    Tem por objetivo garantir que as entidades supervisionadas se rejam pelos mais elevados padrões de conduta, na relação que mantêm com os consumidores.

     

    Regulação e supervisão prudenciais
    Tem por objetivo garantir que as entidades supervisionadas possuam os recursos financeiros adequados às responsabilidades que assumem e que giram de forma prudente os riscos a que se encontrem expostas.

     

    Regularização de sinistro
    Conjunto de ações realizadas pelo segurador com os seguintes objetivos: confirmar a ocorrência de um sinistro; analisar as causas, as circunstâncias e as consequências do mesmo; decidir se vai reparar os danos ou compensar os prejuízos resultantes do sinistro; decidir qual o valor da indemnização ou prestação. Para iniciar este processo, é necessário que o lesado (tomador do seguro, segurado ou terceiro) ou o beneficiário efetuem a participação do sinistro.

     

    Remuneração do mediador de seguros
    Toda a vantagem económica acordada e ligada à prestação de serviços de mediação de seguros, seja ela pecuniária ou não.

     

    Renda
    Valor pago em prestações pelo segurador ao segurado, ao beneficiário ou ao terceiro lesado.

     

    Rendimento mínimo garantido
    Rendibilidade mínima garantida pelo segurador ou pela entidade gestora no âmbito do contrato.

     

    Renovação automática
    Prolongamento automático de um contrato de seguro, no final de um período fixado, na ausência de uma manifestação contrária de uma das partes contratantes.

     

    Resgate
    Operação prevista em algumas modalidades de seguros de vida que confirma a possibilidade de o tomador do seguro resolver o contrato e receber o valor da provisão matemática, deduzido de despesas de aquisição e de outras que estejam contratualmente previstas.

     

    Resolução
    Cessação antecipada de um contrato de seguro por iniciativa de uma das partes, havendo justa causa.

     

    Resseguro
    Mecanismo de transferência de riscos de um segurador para outro segurador ou ressegurador.

     

    Retrocessão
    Mecanismo de transferência de riscos aceites em resseguro por um ressegurador.

     

    Risco
    Incerteza associada a um acontecimento futuro, nomeadamente à ocorrência do mesmo, ao momento em que ocorre e aos danos dele deccorrentes.

     

    Risco financeiro ou de investimento
    Incerteza associada à evolução do valor de um conjunto de ativos.

    ↑  topo